Cromatografia Gasosa e Iônica

Cromatografia Gasosa e Iônica

A cromatografia é uma forma de análise muito importante, pois é rápida, prática, precisa e facilmente adaptável a diversas moléculas e íons. Essa técnica tem como princípio básico a separação de determinadas misturas, utilizando duas fases: uma móvel (líquido ou gás) e outra estacionária (líquido ou sólido).

A classificação cromatográfica é dividida a partir da técnica utilizada (planar ou coluna), pelo modo de separação empregado (adsorção, troca iônica, exclusão, partição e bioafinidade), por sua fase móvel (gasosa, líquida ou supercrítica) e por sua fase estacionária (líquido, sólido ou fases quimicamente ligadas) [1].

A cromatografia gasosa é utilizada na separação e análise de misturas de substâncias voláteis que possuam ponto de fusão de até 300°C e sejam termoestáveis. Possui excelente poder de resolução, grande sensibilidade e elevada detectabilidade.

Já a cromatografia iônica é empregada na determinação de íons em matrizes líquidas, através da técnica por coluna. Esse método é um das mais eficientes, pois tem alto nível de exatidão nos resultados e é capaz de identificar desde baixas até altas concentrações.

Um dos grandes diferenciais da cromatografia frente às outras técnicas analíticas é o seu limite de detecção obtido, que pode ser cerca de 100 a 1000 vezes menor que aquele atingido por outros métodos de separação [2].

O LABB realiza análises em cromatografia gasosa e iônica, atendendo as necessidades de cada empresa. Trabalha dentro dos padrões e das diretrizes ambientais estabelecidas pelos órgãos regulamentadores. Para a realização da análise em cromatografia são necessários equipamentos apropriados e pessoal especializado de um laboratório confiável e acreditado por órgãos competentes. Há mais de quinze anos, o LABB está presente no mercado e é um dos laboratórios mais competentes do seu segmento.

Solicite um orçamento